Comunicado

Desde 2004 a FPJJB vem organizando Campeonatos Nacionais de Jiu-Jitsu pelo valor simbólico de €25 (valor de inscrição para adultos e masters). Simbólico porque a FPJJB, e infelizmente, sempre teve prejuízo na organização desses eventos.

A partir de 2008 começámos a subir o standard, incluindo várias modificações para melhorar as condições de participação, nomeadamente assistência médica, árbitros diplomados e staff qualificado, policiamento, e seguros de atletas (seguros esses muitas vezes usado para cobrir acidentes nas academias e em eventos organizados por outras entidades).

Ao decorrer do tempo têm sido introduzidas contrapartidas para os vencedores tais como ofertas de kimonos, prémios monetários e inscrições gratuitas em Campeonatos seguintes (Europeu e Nacionais).

O valor total das premiações no último Campeonato Nacional Open ascendeu a mais de €4000.

No entanto e porque se deu um crescimento do número de atletas, a estrutura da FPJJB chegou ao limite, em termos humanos e informáticos, na organização e padronização de Campeonatos.

Repetidamente várias situações ocorreram em que, devido à sua estruturação, vários atletas furavam o sistema, não só na filiação, como nas formas de pagamento, graduações, etc., situações essas que traziam problemas quando cruzávamos os nossos registos com os da IBJJF onde estamos todos registados, com as inscrições reais pagas, e com as listagens de atletas segurados.

Ao analisarmos este contexto, concluímos que, para que fosse possível encetar o nosso projeto de descentralização do jiu-jitsu a nível Nacional, com a realização de mais eventos no calendário nacional e mais eventos fora da grande Lisboa, surgiu a necessidade de centralizar inscrições, filiações e padronização numa só entidade que teria, logicamente, que ser a IBJJF, não só pelo seu knowhow e infraestrutura, mas também pelo apoio que sempre nos deu.

Ao encetarmos esta parceria com a IBJJF, o Campeonato Nacional Open passa a fazer parte não só do Calendário Oficial da IBJJF como também a contar como prova pontuável para o ranking Mundial.

 

A partir desse momento as filiações, inscrições e ranking passam a ser diretamente feitos na base de dados IBJJF, tendo, obviamente, vantagens e desvantagens.

As vantagens são mais do que óbvias; maior rapidez nas filiações ou renovações, a realização dos Campeonatos em pavilhões maiores e com melhores condições, melhor arbitragem, melhores prémios, melhor organização, menos tempos mortos, ranking Nacional e Internacional, etc.

Desvantagem? Todas estas melhorias incorrem em custos, nomeadamente no que respeita aos custos de mão de obra (transportes de equipamentos, arbitragem, coordenadores, mesários, pavilhão, seguros, ambulâncias) e, numa parte importante, aos custos das filiações e da organização de listagens e de chaves que passam a ser processadas, diretamente, pela IBJJF. São custos que não podem ser evitados, não existindo possibilidade para a FPJJB suportá-los.

Apesar de tudo, continua a não existir lucros na organização dos Campeonatos organizados pela FPJJB e, só porque a nossa entidade não tem capacidade de custear essas despesas, decidimos, para que os Eventos possam continuar a existir, subir o valor de inscrição nos mesmos.

Estamos convictos que este aumento, que apenas se deve ao aumento dos valores organizacionais e de partilha de uma base de dados Internacional, permitirá fazer com que o Jiu-Jitsu Nacional cresça ainda mais e mais organizado, mantendo-nos como um dos países mais competitivos do mundo na nossa modalidade.

Conclusão: sem este aumento não seria possível existir Campeonatos com a qualidade necessária.

Corremos esse risco, avaliando até os valores cobrados em campeonatos nacionais de outros países europeus, cujo valor da inscrição ascende a mais do dobro do valor daquela que estamos atualmente a praticar e em que muitos atletas de Portugal participam regularmente, mesmo tendo que pagar deslocações a esses países.

Esperamos que, pesando os prós e os contras, possamos continuar a contar com todos, no sentido de continuar a prestigiar o Jiu-Jitsu Nacional, com todos os seus atletas, professores, equipas e dirigentes o têm feito.

Saudações Desportivas

FPJJB

10 Novembro 2017

© FPJJB - Federação Portuguesa de Jiu-Jitsu Brasileiro - Todos os direitos reservados

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon